Christian Tissier Shihan: Tour América do Sul 2014

conexao.aikido@gmail.com
Facebook | Twitter | Youtube | Google translate

Christian Tissier Shihan despensa qualquer tipo de apresentação ele e um dos grandes nomes do Aikido mundial e vai estar na América do Sul em dezembro de 2014, os dois países onde Shihan Tissier estará realizando Seminários será na cidade de Santiago (Chile) nos dias 12, 13 e 14 de dezembro e logo depois estará em Córdoba (Argentina) nos dias 20 e 21 de dezembro.

Esta é uma grande oportunidade para poder praticar com Shihan Tissier.

Tissier-2014

No Chile o Seminário está sendo organizado pela FEDENACHAA (Federação Desportiva Nacional Chilena de Aikido Aikikai) e as inscrições poderão ser realizadas no seguinte endereço: http://www.fedenachaa.cl/Seminario-TISSIER.

Na Argentina o Seminário esta sendo organizado pelo CA (Aikido Cículo Aikikai) e as inscrições poderão ser realizadas no seguinte endereço: https://eventioz.com.ar/e/seminario-de-aikido-christian-tissier-corarg-2

Conheça um pouco da didática de Christian Tissier Shihan

Apresentação de Christian Tissier Shihan no Cambat Games de 2013 (Saint Petersburg Russia)

____________________________________________________

Conteúdo autorizado por Ricardo Toro (Chile), Luis Colalillo (Argentina)
Créditos:
Texto e imagens: FEDENACHAA (Chile), CA (Argentina)
Video: Youtube

Crônica: Miyamoto Tsuruzo Shihan 宮本鶴蔵

conexao.aikido@gmail.com
Facebook | Twitter | Youtube | Google translate

Mário Tetto – Indyanara R. Galvão – Leonardo Marques Câmara Sodré – Miyamoto Tsuruzo Shihan 宮本鶴蔵 – Jeferson Soares – Elena de Carvalho Stellfeld e Marcelo do Nascimento

Nos dias 16 e 17 de julho de 2012 foi organizado pela Federação Aikikai da Argentina  o Seminário Internacional de Miyamoto Shihan em Buenos Aires, Argentina. Foi a primeira vez que Miyamoto Shihan veio a Buenos Aires. Foi também a minha primeira oportunidade em praticar com ele e, não posso negar que eu estava muito ansioso para poder praticar em uma de suas classes.

Essa ansiedade vem dos vídeos que tinha assistido de Miyamoto Shihan na internet e também pelas excelentes referências dadas pelos amigos Leonardo Sodré, Jeferson Soares, Ricardo Coronel e Luis Colallio, então, a expectativa e a ansiedade estavam em alta.

Todas estas expectativas e ansiedades foram sem dúvida nenhuma satisfeitas por completo: Miyamoto Shihan tem um Aikido incrível, por vezes difícil de acompanhar, seja o observando ou fazendo ukemis para ele.

Muitas vezes, ao final da demonstração de uma técnica ele perguntava “vocês viram a diferença do que eu fiz?”, por aí da para imaginar como era difícil acompanhá-lo, especialmente para quem estava praticando a primeira vez com ele.

Pude fazer ukemis algumas vezes para Miyamoto Shihan (quando ele passava pelos grupos para fazer correções), claro, de uma forma bem modesta e tentando responder da melhor maneira que eu conseguisse. Seu Aikido é envolvente e te deixa literalmente perdido, você esta lá envolvido em sua movimentação, acreditando que vai para um lado e de repente esta indo para outro, e tudo isso sem tempo para buscar uma melhor posição para fazer um ukemi, digamos “confortável”, afinal Miyamoto Shihan quebra seu equilíbrio o tempo todo.

Sempre muito simpático, Miyamoto Shihan passava pelas duplas e logo estava um círculo ao seu redor para observá-lo, o que não durava muito, afinal, ele ia chamando um a um para poder praticar com ele.Isso na minha opinião faz muita diferença, é muito gratificante e motivador poder praticar (nem que seja por um curto espaço de tempo)  com um Shihan do nível dele.

Foram seis horas de ótima prática de Aikido dividido em 6 classes. Pude reencontrar e praticar com amigos brasileiros e argentinos, e como sempre, ter a oportunidade de fazer novas amizades.

Fotos oficiais do Seminário – Video com alguns momentos do Seminário

____________________________________________________________

Conteúdo autorizado por Alejandro Demartini (Federacion Aikikai Argentina)
Créditos:
Texto: Marcelo do Nascimento
Revisão Elena de Carvalho Stellfeld
Foto do  Post: Indyanara R. Galvão.
Video: Luis Colalillo

Crônica: Yamada Sensei 20 anos

Tentarei fazer essa crônica sem ser nostálgico ou pelo menos o menos nostálgico possível, afinal nesses 20 anos foram pouquíssimas vezes em que não participei de um Seminário de Yamada Shihan aqui no Brasil, para falar a verdade, não estive presente  no primeiro e em mais algum no meio dessa jornada.

Vai começar Yamada Shihan

Dias 26, 27 e 28 de novembro em Piracicada foi realizado o Seminário que comemorou a chegada de Yamada Shihan aqui em terras tupiniquins. Para comemorar essa dada mais que especial tivemos um Seminário co-dirigido entre Yamada Shihan e Donovan Shihan (outro icone em nossa terra). E inegável que nesses 20 anos tivemos uma grande evolução no Aikido Brasileiro e em especial por aqueles ligados diretamente a Yamada Shihan. Como o próprio Yamada Shihan comentou ao final do Seminário, muitas coisas aconteceram, muitas coisas boas e outras nem tanto, porém vamos ficar somente nas boas, assim como Yamada Shihan também se manteve. E indescritível poder participar de um evento onde pude reencontrar amigos que conheci ainda faixa branca Clauber, (Clauber Klein, essa história fica para outra vez) e Tharso que hoje estão ai fazendo ukemis para dois grandes Shihans, é isso mesmo, ver essa evolução em nossos amigos é muito gratificante, e não falo somente porque vi  e sim porque treinei e pude sentir na prática a técnica de ambos. Também ha os praticantes que a gente espera muito tempo para treinar, que é o caso do amigo Sergio Coronel, acreditem, nesses 20 anos de Seminário de Yamada Sensei foi o primeiro seminário em que consegui treinar com ele. Temos também a nova geração de praticantes como o Cadu, que mesmo com o ombro ruim estava lá treinando firme e forte. E como não mencionar os amigos dos treinos diários aqueles que permitem que você se desenvolva no aikido: Anderson, Altair (pudemos pegar ótimas dicas com Donovan Shihan), Lemão (o cara recebeu até elogio de Yamada Shihan), e as garotas do Dojo a Elena (pessoa muito especial para mim, alguns saberão do que eu estou falando, outras ficarão na curiosidade mesmo) opa sem esquecer que tem também a Indyanara. O pessoal Jurassic Park também estava lá: Ivan, Rainer e Miguel (calma gente, eu também faço parte desse grupo).

Elena, Anderson, Indyanara, Altair, Donovan Shihan, Marcelo e Lemão

Claro que treinei com outros praticantes, mas, que só não menciono o nome porque não sei, mas também permitiram que eu tivesse uma ótima prática.

Mas ha uma pessoa que faço questão de mencionar, pois na minha opinião ele tem uma importância muito grande para alguns praticantes, essa pessoa e o Charles Mensh – “Chuck”. Quando o Chuck veio para o Brasil a primeira vez, ele veio como Uke de Donovan Shihan, e para nos era uma espécie de ligação que facilitava entendermos melhor o que Donan Shihan passava, em especial com relação aos Ukemis, afinal nossa distância em relação a Donovan Shihan era imensa (bom cá entre nos ela continua imensa). Nunca me esqueci da disposição de Chuck em nos ensinar os Ukemis e se esforçar ainda mais em fazer isso em nosso indioma, e olha que ele pegou muita gente pelo braço  para ajudar nos ukemis (valeu mesmo Chuck).

Lemão, Marcelo, Chuck, Altair e Anderson

Ainda tive a oportunidade de ser Uke de Donovan Shihan em uma correção de técnica, e ai malandro, é volta ao passado mesmo, muito bom, mas, muito bom mesmo!

Ah, todos devem estar se perguntando: “ e as técnicas treinadas, e os treinos?”. Bom é o seguinte não da para descrever em palavras, o legal mesmo é treinar e praticar. Fico aqui na torcida para ter mais o ano que vem.

Foi  um grande seminário, uma ótima prática, e um grande evento.

Muito obrigado Yamada Shihan obrigado a Donovan Shihan e parabéns a todos os organizadores.

____________________________________________________________

Créditos:
Texto: Marcelo do Nascimento
Revisão: Elena de Carvalho Stellfeld
Fotos: Conexão Aikido / Altair Massaro / Indyanra Galvão